Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta para Papai Noel



Papai Noel, boa-noite!

Posso fazer uma pergunta?

O senhor vai trazer meu presente?

Escrevi minha cartinha há muito tempo,

mamãe mandou o carteiro entregar para o senhor,

o senhor sabe quem sou, né?

 

Me comportei o ano inteiro,

acho que fui um bom menino,

já até coloquei meu sapato na janela,

para reforçar pendurei uma meia perto da árvore,

é meio velha, espero que não repare,

pode cheirar, está limpinha, eu até lavei,

minha mãe que não gostou nada,

só porque lavei na pia da cozinha.



Hoje acordei e escutei mamãe chorando...

não sei o que era...

será por que eu lavei a meia na pia

ou porque estava sem dinheiro?

 

Não entendo, temos tudo, temos saúde,

temos casa, ela tem até eu!

É o mais importante não é?

 

Estou com saúde, posso brincar,

posso correr por todos os lados,

não entendo porquê os adultos ficam tristes,

nós aqui temos tudo, até comida.

 

O pai de meu vizinho está desempregado,

vou te contar um segredo,

ouvi outro dia a mãe dele dizer que não tinha jantar,

estranho... ninguém chorou,

pelo contrário... se abraçaram,

me diz, Papai Noel, por que fizeram isto?

 

Sei lá, outro dia minha irmã chorou

e até fez manha

só porque sujou seu vestido,

tem coisas que ainda não entendo...

será que um dia vou saber destas coisas?

 

Ah! Se eu não gostar de meu presente posso trocar?

Se puder manda um também para meu amiguinho,

não importa o que vai lhe dar,

ele anda tão triste, às vezes não quer mais brincar,

diz que vai passar, o que vai passar?

Acho que vou convidá-lo para ficar aqui hoje,

será que devo?

 

Hoje é natal, tem muitas coisas aqui,

tudo que gosto de comer, tenho muitos brinquedos,

tem até presentes debaixo da árvore,

foi você quem trouxe?

 

Não se esqueça, se não tem outro presente

pode dar o meu para meu amiguinho,

talvez a tristeza dele acabe,

ah...ele vem ficar aqui à noite...

tenho tudinho... mas só tenho um amigo.



Caramba, Papai Noel, viu o tantão que escrevi,

acho que você é meu melhor amigo,

é o único fora meu amigo,

só vocês dois que me escutam.

 

Bem, agora vou dormir, é quase noite,

noite de Natal, noite de Papai Noel.

Não esqueça! Eu gosto muito de você,

se não trouxer presente... tudo bem,

só não esqueça de meu amigo,

estou mesmo preocupado com ele.

 

Boa-noite, Papai Noel...

bom trabalho e cuidado no céu...

 

Pena que o senhor só vem no Natal.

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/12/2005
Código do texto: T87816
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116253 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:18)
Caio Lucas