Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOPA DE LETRINHAS

Minha mãe fez sopa de letrinhas na janta e quando me serviu, lembrou-se de que quando era adolescente fazia uma simpatia com essa sopa para saber o nome da pessoa com quem se ia casar. Fiquei curiosíssima e pedi logo que me ensinasse.
_É assim, falou. Gire a sopa no prato com a colher três vezes no sentido anti-horário, feche os olhos e conte até três, abra e procure pelo prato que encontrará um grupo de letrinhas formando o nome do futuro marido ou esposa.
_A senhora fez e deu certo? Perguntei com cepticismo.
_Fiz varias vezes e sempre formou o nome do seu pai. Eu até peguei as letrinhas, que estavam cosidas e grudentas e colei-as no meu diário na mesma folha da crônica.
A propósito, o nome do meu pai é Sebastião, apelido Tião. Será que formou o nome ou o apelido? Esqueci de perguntar. Ainda a propósito, a sopa de letrinhas, antes mesmo da Internet, não utiliza acentos.
No outro dia na escola contei às minhas melhores amigas sobre a simpatia.Todas, em uníssono, perguntaram:
_Qual o nome?
_Vocês nem imaginam... Fiz um clima de suspense e elas ansiosas me pressionaram para contar logo.
_Alex! Enfim revelei. Ficaram de queixo caído. Ele é o menino mais cobiçado da escola; todas suspiram por ele.
_Não acredito. Você vai se casar com ele?
_Foi a predição da simpatia. Respondi toda glamourosa .
No final da aula, a escola inteira já sabia da simpatia da sopa de letrinhas. Foi uma corrida ao mercadinho do bairro para comprar um pacotinho da mística sopa. Até alguns meninos compraram, alegando que era para a irmã.
No dia seguinte, todos os alunos comentavam o resultado da simpatia de cada um. Piadinhas não faltaram por parte dos mais engraçadinhos.
Eliana reclamava que na sua sopa não formou nenhum nome. Marcelinho, muito gozador, disse que não formou, porque a sopa dela só tinha quatro letrinhas: A...G...U...A.
Nicanor, o panaca da turma, não conseguiu ler o nome porque, segundo ele, estava escrito em russo e escreveu o nome para que todos atestassem: A...I...C...R...A...M. ( as letras C e R estavam invertidas). Um dos meninos decifrou a charada: olhando o verso da folha transparente lia-se  M...A...R...C...I...A.
Agora, na maioria das simpatias feitas pelas meninas deu Alex. O nome estava com as letras invertidas ou trocadas, escrito de trás para frente ou aleatoriamente, mas com certeza, garantiam, era o dele.
Surpreendente, mesmo, foi quando perguntaram ao Alex se havia feito a simpatia também. Simplesmente confirmou que sim; havia feito e formou o nome do amor da sua vida, com todas as letras e na ordem certa.
_O nome? Diga o nome? Perguntaram-lhe as meninas, excitadas.
_Marco Antonio! Respondeu graciosamente.
_Marco Antonio...!!!???
Pra quem não sabe, é o sarado professor de educação Física.

carrlinhosaffonso@hotmail.com
CARLOS AFFONSO
Enviado por CARLOS AFFONSO em 01/12/2006
Reeditado em 01/07/2010
Código do texto: T306916
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (carlos alberto affonso; carlinhosaffonso@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS AFFONSO
São Paulo - São Paulo - Brasil
62 textos (7138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 11:17)
CARLOS AFFONSO