Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pode ter mudado tudo.

A uns trinta anos atrás,
um turista fez os seus pedidos,
desejou toda a sorte do mundo
e cravou um punhal de prata cravejado
na praia do Flamengo.
Ate hoje acho que estou ligado
por essa fantasia,
naquele dia,eu havia gazeteado a escola
e fui para a praia,na praia do Flamengo.
Tirei a roupa da escola,
pedi alguém para tomar conta dela
e fui para a água.
Nadei,nadei,e assim que voltava
em direção a areia,
pisei em alguma coisa.
parei para averiguar,
puxei para fora d`água
e vislumbrei um belo punhal de prata cravejado.
Mas, como era criança,
tinha faltado a aula
e não sabia o significado
dessa coisa incrível,
ate mesmo por medo,
chamei a garota mais próxima
e dei esse punhal para ela,
rapidamente ela o levou para os seus pais.
Porem me parece nesse momento
que neste conte de agora,
exatamente agora,
estou ligado aquele punhal de prata cravejado,
ou por ele talvez,
me tornei o poeta que sou.
Queria conhecer:
O turista e a menina,
pois o poeta,
vocês já sabem.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 29/04/2006
Reeditado em 08/06/2006
Código do texto: T147407
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26307 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:52)
Condor Azul