Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não foi por acaso

Nao foi por acaso que nos encontramos... o sol ofuscava meus olhos naquela manha de domingo. A praia estava cheia, e eu me refrescava sozinha em uma espreguiçadeira tomando agua de coco, observando o mar. As pessoas riam , falavam alto, afinal era um domingo, dia esperado por tantos para passeio, descanso, lazer.

Não por acaso uma risada chamou minha atenção... olhei e nossos olhares se encontraram, nossos caminhos naquele instante se cruzaram. Como voce poderia passar despercebido a mim? Tudo em voce me chamava a atenção, seu porte atletico, alto, lindo, a barba que convidava a um carinho, o cabelo que convidava a um afago, podia sentir meus dedos passando por entre os fios, sentindo a textura, a maciez.

Sentia seus olhos me devorando, me desejando e dentro de mim um tremor gostoso, enebriante, a respiração acelerada. Naquela manha trocamos telefones, não palavras, trocamos olhares, não toques, mas não demorou para que nos encontrássemos, nos saciássemos...

Os toques ávidos, a paixão desenfreada, a ansiedade. Com frequencia nos víamos, com frequencia nos amavamos. Deslizar minhas mãos por seu corpo, sentir seu desejo por mim, me deliciava, me fazia mais mulher. Quantas vezes me peguei te admirando, rindo sozinha dessa aventura que viviamos... Sim, uma aventura sem compromisso, sem cobranças, sempre deixamos claro que seria assim.

Os anos foram passando e o que era pra ser uma aventura se tornou uma história, com começo, meio e continuação... fim, não! Não quero que termine , e sei que você também não quer.
Nossos sentimentos estão acima de criticas, acima de opiniões. Não me importo de ser chamada de amante, sou mais que isso, mas prefiro ser chamada de amada.

Sei que sou aquela que lhe trouxe alegria, prazer, carinho,e que não foi por acaso que nos encontramos. Ao seu lado descobri que posso ser eu mesma ,sem reservas, sem vergonha, sem medos...ao seu lado me soltei, me envolvi, me completei, me entreguei, me desconheci, me encontrei...
Andréa Lauterjung
Enviado por Andréa Lauterjung em 05/07/2006
Reeditado em 06/07/2006
Código do texto: T188302
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andréa Lauterjung
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 46 anos
109 textos (36122 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:35)
Andréa Lauterjung