Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não comeu pelas beiradas

O que ele mais desejava era a morte do chefe.
Não tinha outro jeito, as opções de qualquer entendimento estavam esgotadas. Se fosse só apertar em um botão ele já teria apertado.
Todas as manhãs olhava o necrológio. Nada, não morreu ainda.
Domingo alguém tocou a companhia logo cedo. Levou dois tiros na cara.
A raiva do chefe era maior.
Ana Mello
Enviado por Ana Mello em 31/07/2006
Código do texto: T206353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
142 textos (24290 leituras)
2 e-livros (859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:14)
Ana Mello