Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outra vitória do amor

.   Eles têm tudo em comum. Rimam em cada sílaba de si.

Idiossincrasias idênticas garantem compreensão?

.   O amor de ambos não cabe numa página, nem em todas. O

coração deles é o único suporte adequado.

.   Mas volta e meia estão no centro do Coliseu, a plátéia

insensível e sem dó lotando as arquibancadas, sangue nos

olhos, querendo ver o eco de sangue no picadeiro.

.   E digladiam-se em tempespaços indistintos, voando

cacos de carinhos pra todo lado. A platéia urra ululante,

vibra, xinga, berra "conselhos" aos sobreviventes de

tantos embates de amor: "o coração baixou a guarda! Areia

nos olhos! Lança no umbigo!".

.   Exaustos de outra batalha, entregam-se aos olhos um do

outro e ali vêem o porquê do fascínio que exercem sobre as

multidões de feéricos desa(l)mados.

. Depõem as armas, saem de mãos dadas, sorrindo, se

amando, ainda vivos e bem, sob as vaias da torcida, que

não tem outra saída senão suas lutas intestinas.
aluísio de paula
Enviado por aluísio de paula em 07/08/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T211059

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar autor e link para o original. Link para www.recantodasletras.com.br/autores/olhodalua). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
aluísio de paula
Curitiba - Paraná - Brasil, 43 anos
700 textos (50955 leituras)
8 áudios (1116 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:03)
aluísio de paula