Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mais uma chance

Nunca ficava doente. Tomava chuva, ficava o dia todo com

os sapatos molhados, encarava com galhardia o vai e vem do

clima curitibano sem nem um espirro. Comia qualquer

coisa, em qualquer lugar e nenhum problema. Trabalhava

como voluntário num hospital e jamais contraiu coisa

alguma. No tempo em que fumava e bebia como um

profissional da noite, parecia mais que os vícios o

fortaleciam.

Dia desses teve uma febre tremenda, passou o final de

semana em claro com lancinantes dores de cabeça, o mal-

estar do corpo se espalhava à alma, ao universo todo em

redor. Creu que ia morrer, sozinho, no frio absurdo do

inverno inclemente. Mas o que mais doía e o preocupava era

as muitas desculpas que precisava pedir antes da ida final.

Não foi dessa vez. Agora está pondo em dia as dívidas de

honra que a morte não pode levar. Nunca se sabe do próximo

instante...
aluísio de paula
Enviado por aluísio de paula em 22/08/2006
Código do texto: T222532

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar autor e link para o original. Link para www.recantodasletras.com.br/autores/olhodalua). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
aluísio de paula
Curitiba - Paraná - Brasil, 43 anos
700 textos (50951 leituras)
8 áudios (1116 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:26)
aluísio de paula