Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Replay do amor

Depois, olhamos em torno, os destroços de uma guerra sem vencedores.

Ah, se não tivesse atravessado aquela rua, se não tivesse respondido.

Ferido em seu orgulho de macho, encadeou os elos  que levavam até ela.

Ela, ela, ela, ela, a nojentona.

“Isso não pode continuar, não quero mais, me deixa. Tenho outro, muito melhor do que tu”.

“Trouxe café”.
“Que bom, café na cama. É a minha primeira vez, quer dizer, de café na cama”.

Chovia muito quando ela chegou. Ele sentiu-se aliviado, achava que não vinha mais.
“Que bom que você veio!” Vamos ao cinema?”
No escuro, se beijaram. Pôde sentir seu calor e o seu perfume.

“Oi, tudo bem, Neusa, prazer”

Atravessou.

Ouviu o seu nome e viu, do outro lado da rua, seu amigo com uma mulher. Era linda!
 


Jacques Levin
Enviado por Jacques Levin em 30/08/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T228725

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o link do autor e o link da obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacques Levin
Vassouras - Rio de Janeiro - Brasil
1171 textos (104468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:09)
Jacques Levin