Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aldo e Aimée

DOIS MICROCONTOS:


O pequeno caixão branco.
1. Carregou o pequeno caixão branco do filho nos braços, até o carro funerário. Agora ele tinha o seu próprio morto para venerar. Não precisava mais lembrar do falecido João.

No hospital.
2. Na hora de fazer você gostou, disseram no hospital, quando chegamos correndo.



O CONTO CURTO (continuando “Amor sem limites”)
 
“Na hora de fazer, você gostou”, - foi o que disse o atendente, quando chegamos correndo no hospital.

A barriga de Aimée quase explodindo, uma cachoeira de sangue descendo por suas pernas.

Não é normal. Não pode ser normal, das outras vezes não foi assim.

 Esperou interminavelmente, na sala fria. Com uma ponta de otimismo aguardava o seu terceiro filho. Esperou horas inteiras. Dormiu na cadeira.

 O útero pode não ser o melhor lugar do mundo para uma criatura, que a partir de um nada vai crescendo, se expandindo até esbarrar em suas paredes musculosas. Tem que sair. Tem que ganhar o mundo. Tem que quebrar o ovo.

 Quando aquela criança saiu já estava morta. “Descolamento prematuro da placenta”. A criança pára de receber oxigênio e morre. Quando o sangue começou a sair já estava morta. A mãe está bem; tivemos que retirar o seu útero, porque não parava de sangrar. Tem que fazer o registro de nascimento e depois o atestado de óbito para poder enterrar.

Aldo carregou o pequeno caixão branco nos braços, até o carro funerário. Agora ele tinha o seu próprio morto para venerar. Não precisava mais lembrar de João.

Jacques Levin
Enviado por Jacques Levin em 21/09/2006
Reeditado em 23/09/2006
Código do texto: T245655

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o link do autor e o link da obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacques Levin
Vassouras - Rio de Janeiro - Brasil
1171 textos (104152 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:28)
Jacques Levin