Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pé de laranja lima...

 
Armas de fogo!

Num pequeno terreno onde passava um riacho nasceu um pé de laranja lima.

A noticia se espalhou rapidamente. Milhares de famílias entraram em guerra.

Morreram cinco Capeletos, dois quartetos e dois da família lá menor.

No final, tomou posse a família Dó maior. Valentes e destemidos.

Ninguém ousou contestar. Possuíam no arsenal pessoal:

Cinqüenta canhões, vinte bazucas e duzentos revolveres calibre quarenta e cinco.

Todos com o brasão cravado nas coronhas. Seus herdeiros, justiceiros.
Assim como seus antepassados.

Os que formaram a raiz da nobre família.

Uma arvore de guerreiros que lutavam como leões famintos depois da seca.

Tão logo tomaram posse, ergueram um imponente castelo de pedra.

Arrancaram a arvore de limeira e distribuíram para os pobres.

Era uma família de sentimentos sublimes.

Construíram uma plataforma para os canhões. E quartos separados para cada filho.

Genros agregados também, tinham direito a morar na propriedade.

Fortificaram-se tanto. Colocaram códigos em todas as portas. Eletrificaram.

Fecharam-se de tal forma que nem uma formiga conseguia penetrar no recinto.

Um dia aconteceu uma festa que reuniu toda a família, inclusive outros ramos da arvore genealógica que viviam em outras localidades. Beberam. Brindaram.

Divertiram-se por toda a eternidade...

Um dos filhos, após beber um pouco de mais, deixou a chave mestra cair no tanque de acido que utilizavam para desaparecer com objetos indesejáveis ao clã.

Não se sabe, ao certo; quanto de oxigênio entrava na fortaleza após o fatídico acidente...

Jaeder Wiler
posted by jaederwiler-poeta at 1:39 PM 0 comments links to this post

www,jaederwiler.webpagina.com.br
jaeder wiler
Enviado por jaeder wiler em 12/11/2006
Código do texto: T289508
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jaeder wiler
Mantena - Minas Gerais - Brasil
359 textos (17376 leituras)
9 e-livros (8150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:30)
jaeder wiler