Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PIANO


Hilma dormia no sofá da sala, e a brisa serrana tornava seus sonhos amenos.
Acorda ao som do piano. Levanta-se e cambaleando vai até a escada e pergunta:
— João Marcos, é você?

Lá embaixo, na sala de música, o neto responde:

— Vó, sou eu, César. Estou tocando. Um ensaio para minha apresentação de sábado.
Hilma finalmente desperta.
Há mais de quinze anos, seu filho mais velho, João Marcos, partira. Exímio pianista.
A sala de música, só agora, voltava a ter cores com o talento recém-revelado de César.
Retorna ao sofá e, sentada, balança a cabeça balbuciando: "ando tão confusa... tão confusa..."







belvedere
Enviado por belvedere em 14/09/2005
Reeditado em 22/09/2005
Código do texto: T50536

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Belvedere Bruno). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
belvedere
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
220 textos (73242 leituras)
5 e-livros (1070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:53)
belvedere

Site do Escritor