Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MATADOR DE ALUGUEL


                                POETECLAS
As teclas teclam
Teclam as teclas,
Na fita carburada
As teclas poeteclam.



        CAFÉ EM CONFLITOS
  Perguntaste pelo pó
 de café,
 tudo esta fechado
 e são cinco da manhã,
mesmo assim tu  choraste.
 

Poetinha
(as pequenas mãos
Da poeta,
Já calejadas de solidão,
Constroem grandes
Versos).

MATADOR DE ALUGUEL
 Aqui estou
Ouvindo verdi
Numa manhã cinza.
Estou esperando
Proposta de vida e morte,
Sou um pacato
Matador de aluguel.

Ricardo Portero
Enviado por Ricardo Portero em 06/11/2007
Código do texto: T726241

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citeo nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Portero
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4672 textos (93817 leituras)
2 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:47)
Ricardo Portero