Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A viagem 

13 de maio de 1888, 23h e 14 min...

O escravo fujão,
de paletó e cravo na lapela,
ora jaz abandonado na capela tosca
junto ao cravo de sua cruz.

Na senzala,
apodrece o feijão pagão do santo guerreiro,
e o terreiro batuca
o tum-tum-tum da liberdade!

“Três vivas à princesinha branca!”

O escravo lívido
enfim é livre,
como fora o ex-cravo,
único companheiro
a glorificar-lhe a inédita viagem da paz...
Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 24/11/2005
Código do texto: T75867

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351736 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:14)
Nel de Moraes