Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escuridão

Piscou os olhos e quando os abriu, percebeu que o ambiente havia sido tomado por trevas.
Seu coração disparou, pois teme a escuridão mais que a própria morte. Tentou manter a calma e procurar se situar o local do cômodo onde se encontrava. Tateava os móveis para chegar até a janela, quando conseguiu reparou que a mesma possuía uma tranca que não existia antes, sua respiração ofegante, aumentou.
Dirigiu-se à porta, mas em seu lugar uma parede de aço, não havia uma fresta sequer.
O desespero tomou seu corpo por inteiro.
O ar escasseou-se e assim, seguiu lentamente até a morte.
Leila Brito
Enviado por Leila Brito em 07/04/2005
Código do texto: T10173
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Brito
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
59 textos (5416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:38)
Leila Brito