Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inevitavel

Conto

 

“Ela” se levantou antes dele,olhou para seu rosto adormecido,lhe fez um carinho e foi até a janela...

Abriu as cortinas  e deixou o sol entrar,ficou parada absorta por uns instantes,olhando o movimento dos carros lá em baixo.

O som da vida lá fora não chegava aos seus ouvidos...

Da cama "ele" a olha,e só vê a silhueta daquele corpo tão amado.

“Ele” sabe que o momento chegou...

Não podiam parar o tempo pra evitar a despedida

Se amaram durante a madrugada intensamente ,como um apelo para que alguma força extraordinária eternizasse aquele amor imensurável.

“Ela” sente sua presença as suas costas e seus braços a envolvendo  ,ela recosta a cabeça no seu peito,e sente seus lábios percorrerem seu ombro e seu pescoço como num ultimo carinho.

Uma lagrima escorre pelo seu rosto ,"ela" se vira e entrega sua boca num beijo único.

“Eles” se amam naquela manha com o sol aquecendo seus corpos,numa dança harmoniosa do amor.

Abraçados em silencio,nada mais precisa ser dito,só a partida era inevitável !

Da porta “ela” o olha num sorriso triste,ela não queria chorar ,queria ser forte como “ele”...

Joga-lhe um beijo e baixinho diz...EU TE AMO!

E  “ele” vê a porta se fechar atrás dela.....

“Ele” olha em volta e sente o vazio e o silencio que sua ausência traz

“Ele” tinha que ser forte,pois sabia que não tinha sido um fim,apenas uma reticências...

Mas o peito ardia de uma forma insuportável!

“Ele” se levanta sentindo ainda o perfume dela em seu corpo.

Pega seu violão,e vai até a janela,e dedilha a canção que  “ele” tinha feito pra ela...

Abaixa a cabeça e deixa agora aquela lagrima rolar livremente.....

 

Lia Hydalgo
Enviado por Lia Hydalgo em 09/02/2006
Código do texto: T109970
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lia Hydalgo
Atibaia - São Paulo - Brasil
112 textos (7787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:17)
Lia Hydalgo