Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(A) SEQUÓIA SAPIENS

A sequóia é uma frondosa árvore milenar e sua história revela grande conhecimento acerca dos principais acontecimentos da vida.

Ao passar por uma grande sequóia, um garoto começou a contemplar:

-Será que é possível alcançar o brilho do sol por essa árvore?

A grande laranja incandescente parecia ser fascinante aos olhos daquele garoto.

Defronte à grande árvore, não hesitou muito e correu para a longa e difícil escalada.

De início, nada de desafios. Tudo era fácil para um espírito jovem e desbravador...

À medida com que ia escalando iam aparecendo obstáculos e intempéries. Cada vez mais a viagem prosseguia em marcha lenta, sem grandes exultações. Todavia, o ímpeto inicial estava presente, muito embora estivesse refinado.

Ao topo duas grandes surpresas: O sol ainda distava tal qual o início, mas havia uma beleza no horizonte, o mesmo do qual havia partido há muito; uma outra e mais importante foi a de que, ao cume, a base sobre a qual estava servindo de sustentação para a sua investida, restou-se fragilizada, pois eram poucos os galhos e as folhas que lhe forneciam suporte.

À baila do vão desespero de atingir o intangível, o homem desestruturou-se e começou a cair abruptamente, embora em sentido diverso ao da escalada.

Saudoso, via agora um cadinho de sua vida nas marcas da subida: Em cada galho uma improvisação diferente, um suor, uma preocupação, uma reflexão.

Da queda restou-lhe a expectativa de que a sua velhice fosse amparada, para então descansar sob o sopro límpido do ar das folhagens.
Ricardo Régis Oliveira Veras
Enviado por Ricardo Régis Oliveira Veras em 25/03/2006
Reeditado em 10/02/2011
Código do texto: T128112
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Régis Oliveira Veras
Fortaleza - Ceará - Brasil, 38 anos
66 textos (2567 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:17)
Ricardo Régis Oliveira Veras