Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM AMOR DIFERENTE/ X V

ATENÇÃO:SE DENTRO DE VOCÊ TIVER ALGUM PRECONEITO, NÃO LEIA



  Então os dois foram desfrutar livres e felizes a companhia um do outro, a sois, Ricardo foi fazer um bolo de cenoura que Rangel tanto gosta, enquanto o Rangel arrumava algumas coisas dentro da casa, as vezes o Rangel achava que estava vivendo um sonho, que nada daquilo era realidade, mas bastava ver o sorriso lindo de Ricardo que ele se convencia que estava sendo a pessoa mas feliz do mundo.
    Ricardo adorava escutar o Rangel tocar violão e cantar, então depois que arrumaram tudo e deixaram tudo na casa em ordem, foram para a varanda da casa apreciar o silencio e a tranqüilidade da noite, Ricardo então pediu que Rangel pegasse o violão para toca,r pois ele adorava  ver o Rangel tocando.
    Assim já estava um pouco tarde da noite, mas o Ricardo tinha mil fantasias para realizar com o Rangel, então ficaram um de brincadeiras com o outro, Ricardo correu para perto da piscina e Rangel também seguiu correndo a trás, Ricardo empurrou o Rangel na piscina e se jogou também, ali os dois tarde da noite fizeram o amor mas gostoso do mundo, depois sabiam que tinham que dormir, pois iriam ter um dia inteiro pela frente.
       Então seria a primeira noite que o dois passavam juntos, seria a primeira noite que eles dormiriam juntos, eles ainda desfrutava o sabor da primeira vez de muitas coisas, assim os dois tomaram banho e caíram na cama, e foram  dormir em um sonho, que mesmo acordados eles faziam parte.
        O pai do Ricardo estava muito desconfiado com as atitudes do filho, sentia que alguma coisa de errado estava acontecendo com o filho, drogas não poderia ser, imaginava um monte de coisas mas não chegava a conclusão nenhuma, então ele resolveu ir até a casa do sitio onde o Ricardo falou que estava para ver se ele estava com alguém, o que estava fazendo, só assim poderia, encontrar alguma explicação para o que estava acontecendo co o filho.
       Enquanto isso Ricardo e Rangel estavam vivendo o sonho dos amantes proibidos, sem nenhuma censura , sem nenhuma malicia, porque sabiam que não estavam tirando pedaço de ninguém e nem do mundo, apenas viviam sua felicidade por mais que fosse de uma forma diferente, mas o mundo era muito impuro para condenar dois jovens com desejos iguais que só queriam amar apenas isto.
       Então o pai de Ricardo saiu cedo de casa, avisou que iria visitar uns amigos e depois iria ver o Ricardo, só queria ver o que o filho estava fazendo, pois se chegando lá não encontrasse nada demais, não tinha como ficar com desconfianças com ele.
       
Brione/15/Parte
BRIONE CAPRI
Enviado por BRIONE CAPRI em 01/04/2006
Reeditado em 03/04/2006
Código do texto: T132079
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BRIONE CAPRI
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 32 anos
1428 textos (66606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:26)
BRIONE CAPRI