Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cada um na sua...

Toque de recolher.

O sargento anuncia o plantão da noite,abre a reserva e passa as armas de serviço.

O rondante havia adoecido. No lugar o soldado rancheiro,inexperiente com armas.

Deram-lhe uma carabina,para o plantão como rondante do dia.

Em dado momento,curioso ele puxa o ferrolho e carrega a arma.

Tenta depois descarregá-la mas apavorado não consegue.

O Sargento se aproxima.

O rancheiro baixa a arma e nervoso bate a coronha no chão.

Arma velha, da segunda guerra.

Do alojamento se ouve o estampido.

Paciência, não foi o primeiro.

Mas, a viúva recebe a pensão de cabo, vitalícia, que a mãe pátria paga.

Não é muito mas dá pra comprar agrados pro namorado,

É moça ainda...
Paulo de Tarso
Enviado por Paulo de Tarso em 26/05/2006
Reeditado em 15/06/2007
Código do texto: T163290
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
94 textos (11227 leituras)
3 áudios (1048 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:25)
Paulo de Tarso