Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De Menina A Mulher

                 Seu tempo de infância
                 É tempero que encanta
                 E agiganta o seu presente.
                 Fruta e semente de amor.


Vestida de ternura, no coração o sol, na alma a lua,assim, uma menina passou sua infância numa pequena cidade do interior. Morava numa casa num fundo de um vale, à beira do rio,cercado de montanhas e envolto de arbustos.  Em seus sonhos infantis escalou vários vezes aquelas montanhas.Seu olhar era só sorriso ao contemplar o rio que corria faceiro, atravessava e abraçava toda a sua cidade.

Seu dia era cheio de atividades: cuidava da casa e dos irmãos menores. À noite quando seus irmãos dormiam, ela fazia seus deveres escolares. Naqueles momentos,tinha como companheira o canto de uma coruja que habitada a torre da igreja da cidade. Seus domingos eram sagrados, de braços dados com a avó,seguia para a missa. Depois, brincava e corria na praça.

Hoje, mulher madura, não mora mais em frente ao rio, mas diante do mar. De manhã, gosta de se espreguiçar na varanda e ouvir o Cd da Enya (músicas que parecem cair dos céus de tão lindas e suaves)principalmente nos dias de chuva fininha e mar sereno. Também ama as noites de lua cheia, quando passeia seus sonhos e faz planos para o futuro, mas guarda no fundo do coração muito da menina da pequena cidade. Desse modo,transmite meiguice e amor.

Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 13/10/2006
Reeditado em 06/10/2007
Código do texto: T263651
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1280 textos (127684 leituras)
11 áudios (1581 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:10)
Roberto Passos do Amaral Pereira