Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pequena

Era moça bem delicada, daqueles que dá medo até de dizer um "oi", mas naquele dia, fantasiada e de alma mascarada, pretendia realizar seus mais íntimos desejos.
Ardeu a noite toda no salão, despertava olhares enfurecidos das outras garotas, e os mais curiosos dos caras.
Perdeu a compostura ali mesmo, ao menos só naquele dia, bem ali no meio do salão, sendo avaliada por dezenas de olhos desconfiados, jogava as mãos pro alto e balançava o cabelo em movimentos sensuais.
Demais, ela sabia que todos a estariam esperando ao chegar em casa, no mínimo raivosos e preocupados de toda sua audácia, afinal, tão maculosa era a pobrezinha...
E acendeu um cigarro, tossiu... O primeiro trago é ojerizante, tentou outro e se aliviou, se soubessem de tal comportamento ela jamais seria vista com bons olhos outra vez,
Mesmo sendo quem foi (a partir dali), ou aparentava ser, seu comportamento seria injustificável diante de todos. Então virou mais um copo de vodca, e outro, e mais outro.
O primeiro que viesse sairia com ele e se daria por inteira, completaria assim sua noite, e sairia às escondidas na madrugada.
E foi, no banheiro masculino, se entregou de tanto prazer, gostaria agora de repeti-lo todas as noites daí em diante, talvez a culpassem mesmo, então lhe restaria ao menos esse prazer.
Chegou em casa as três da matina, ninguém tinha notado sua falta incrivelmente, não contava com tanta eficiência, mas parecia ter funcionado mesmo o calmante do jantar.
Despiu-se da fantasia, amarrou os sapatos, acendeu um cigarro, tomou um banho quente e caiu na cama, amanhã cairia sobre os livros, e esperaria incerta a próxima sexta-feira à noite...
A S Siqueira
Enviado por A S Siqueira em 26/10/2006
Reeditado em 26/10/2006
Código do texto: T274343

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
A S Siqueira
Recife - Pernambuco - Brasil
70 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:43)
A S Siqueira