Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poder Do Amor

Lucas e Luíza moravam em cidades diferentes, bem distantes. Eles começaram um relacionamento há pouco tempo. Aquela quarta- feira não era uma noite qualquer para aquele casal. Tinham um encontro marcado.

Luíza, estava ansiosa, agitada, aflita, sentia estranhas sensações em seu corpo. O coração batia agitado, fantasiam cresciam em sua mente. Estava assim desde que recebeu o convite para o tal encontro. No dia marcado, passou a tarde olhando o seu guarda- roupa escolhendo um vestido para o encontro. Queria agradar Lucas que pediu para ir de vestido. Escolheu um preto, com decote nas costas, uns do que mais gostava. Quanto ao perfume, bem, isso ela já sabia qual. Seria um especial : O próprio frasco desse perfume era de uma sensualidade ímpar. Exibia o corpo de uma mulher. Possuía uma fragrância bem sensual e marcante. Era perfeito para aquele encontro.
Lucas era um homem de meia – idade, mas também estava ansioso, parecia um adolescente. Fez a barba, penteou várias vezes os cabelos, e acertou os mínimos detalhes para deixar Luíza satisfeita.

Quando ela chegou ele estava deitado na rede, ouvindo música. Ela vedou seus olhos com suas delicadas mãos e beijos seu rosto. Lucas abriu os olhos marejados de emoção e abraçou-a longamente. Desejava assim, eternizar aquele momento. Depois pegou uma rosa e deu para Luíza, que emocionada, chorou de alegria.

Quando levantaram da rede, Lucas a pegou pelas mãos e rodopiou-a. Ela estava linda! O vestido era realmente maravilhoso, pois valorizava cada detalhe da bela silhueta de Luíza. Entre olhares apaixonados, beberam uma taça vinho tinto. Tocava uma gostosa música. Ele a pegou pelos braços e a convidou para dançar. Pela primeira vez estavam tão juntinhos, podiam  sentir a respiração, o calor um do outros. Assim, seus lábios se tocaram, e selaram um delicioso beijo.

Após a dança, decidiram sair para um local especial, combinado anteriormente. .Antes, porém, Lucas pegou seu violão .  Pouco mais de meia hora chegaram ao local escolhido.: Uma praia. Uma lua cheia iluminava, dando um toque especial àquele lugar. Caminharam descalços na areia da praia e brincaram com a água do mar. Pareciam crianças vendo o mar pela primeira vez. Sentaram. O mar batia nas pedras, espumando doces imagens. Ficaram ali, conversando, olhos nos olhos, trocas de sorrisos. Lucas o tocou seu violão. Luíza ouviu atenciosamente. Tudo parecia mágico. Os dois ali na maestria de um sentimento puro, almas em comunhão.    Falaram de suas vidas, dos seus sonhos , dúvidas, medos e da realidade de cada um. Sentiram que tudo parecia pequeno naquele momento. Sabiam que não resistiriam uma ao outro, pois seus corpos se convergiam levados por fortes emoções. Seus corações transbordavam amor. Sem pudor, se despiram de todos os medos, e se entregaram apaixonadamente .

Assim, tendo a lua como testemunha adormeceram abraçados, extasiado pelo perfeito encontro de seus corpos , almas e mentes Pela manhã quando acordaram tiveram uma grande surpresa: Estavam cada um em sua cidade, em sua própria casa, sozinhos. Na verdade, tinham sonhado simultaneamente, levados por uma grande paixão.
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 02/07/2005
Reeditado em 02/07/2005
Código do texto: T30183
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1280 textos (127676 leituras)
11 áudios (1581 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:49)
Roberto Passos do Amaral Pereira