Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Momentos de necessidades

Tudo espalhado, momentos perdidos e roupas espalhadas junto com o arrependimento que tinha gosto de ressaca mal curada e hálito que embriagava só de lembrar da noite anterior sem prazer.
Levantou-se relutante e tropeçou nos sapatos espalhados que estavam jogados em frente à porta do quarto entreaberta. A luz acesa amenizou a do sol que entrou quando abriu a janela. A fresca passou pelo corpo nu trazendo um leve arrepio. Respirou fundo, deitou-se novamente ao lado de quem não queria nem olhar na cara. Balançou de leve pelo ombro dizendo as horas para que fosse logo embora e a deixasse sozinha com suas manias estranhas e a solidão pela qual tanto prezava.
Ainda posso dormir mais um pouco.
Mas prefiro que se vá.
Posso te ligar mais tarde?
Melhor não.
E o que aconteceu?
Momentos de necessidade meu bem. Quando sair, feche a porta. Bom dia para você.
Entrou no banheiro sem se despedir e ao sair encontrou a cama arrumada e um bilhetinho em cima do travesseiro com nome e telefone.
Nunca ligou e do nome se esqueceu no exato momento que embolou o papel e o jogou no lixo enquanto preparava o café forte para se sentar enfrente ao computador e desaguar o seu arrependimento de não mais poder sentir o amor.

Fabíola Colares

Fabíola Colares
Enviado por Fabíola Colares em 29/11/2006
Código do texto: T305180
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fabíola Colares
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 42 anos
31 textos (5013 leituras)
4 e-livros (1935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:08)
Fabíola Colares