Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COISAS VIVIDAS NO CONGO

COISAS VIVIDAS NO CONGO
Marcial Salaverry

Quando alguém se propõe a viver em um país estranho, tem que estar pronto para o que der e vier, pois sempre teremos que nos adaptar aos usos e costumes vigentes nesse país, já que é impossível, que o país se adapte à nossa maneira de viver, o que parece lógico, não ?
Agora uma mudança radical como a que fizemos, realmente, revela um grau de insanidade mental, única condição que permitiria adaptação a usos e costumes tão diferentes dos nossos.  E teríamos que fazê-lo, se quiséssemos viver lá.
Logo no primeiro domingo, fomos ao “Libre Marché”, que era, digamos, a Ceasa de lá, e os primeiros choques, pois os hábitos alimentares dos congoleses, eram demasiado peculiares para olhos ocidentais.  Vejam, mais ou menos, partes de seu menu, e que foram assistidos pelos 3 pares de olhos ávidos recém chegados:
Entrada: um gostoso sanduíche de Coca-Cola... Como ? Sanduíche de Coca-Cola?  Sim, basta pegar um pão, cortá-lo ao meio, e despejar a bebida nele. Qual o problema?
Acompanhamento: um nutritivo sanduíche de mandruvá... Mas, logo um mandruvá?  Sim, um apetitoso mandruvá.   Vocês conhecem o mandruvá? Aquela lagarta que dá no pau podre?   Pois bem, é ela o recheio do sanduíche em questão.  Cumpre salientar que são vendidas no mercado, vivas, lépidas e fagueiras, em cestos de bambu cheios de terra. O interessado corta seu pão ao meio, dirige-se ao vendedor, compra 2 ou 3 daqueles bichinhos apetitosos, logicamente ainda vivos, e simplesmente os coloca dentro do pão, e voilá,  eis um delicioso Mc Mandruvá...
O texto acima é um dos episodios vividos durante minha estada no Congo, totalmente contada no livro UM BRASILEIRO NA ÁFRICA.

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 21/11/2012
Código do texto: T3997166
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 75 anos
16547 textos (1748573 leituras)
3 áudios (767 audições)
6 e-livros (2083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/14 00:40)
Marcial Salaverry



Rádio Poética