Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desconfie do destino e acredite em você.

Desconfie do destino e acredite em você”.

Uma certa feita, um moço que morava onde Judas perdeu as botas, conheceu uma mina que completava 18 primaveras em uma balada. O pobre moço passou a noite toda arrastando as asas pra tal, que estava com a faca e o queijo mão, pois todos os olhares dos gatinhos eram em sua direção. Ela bem que estava observando o moço, de longe... mas nunquinha iria se jogar.
Pobre moço! Encontrava-se numa pindaíba só e como tinha sangue de barata, não conseguia nem chegar perto de sua amada. Ele estava ansioso para bater um papo com a mina, porém, tinha receio de que ela ficasse tirando uma na sua cara por causa de sua simplicidade.
Os demais caras, filhos de empresários, tinha as costas quentes e se atiravam mais, dando as cartas no salão. Assim, ele chegou a conclusão de que deveria tirar seu cavalo da chuva e cair nos braços de Morfeu, uma vez que sua vontade era de enfiar a cara no buraco de  tanta tristeza no coração, ficando a ver navios.
Moral da história: desconfie do destino e acredite em você.
oasis
Enviado por oasis em 24/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T621418

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
oasis
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
77 textos (32005 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:13)
oasis