Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terezinha, Ai Jesus!

 

Rosa Pena 

 

Terezinha foi presa. Atirou no pau do gato, seu terceiro marido, um adúltero pé de valsa que se enrabichou por um traveco de nome Marlene que dançava pagode como ninguém.
 Nunca teve sorte no amor!

 

O primeiro era alcoólatra, adorava um limão batizado, virou ex.

 

O segundo era laranja de um deputado, foi à luta depois do escândalo do mensalão

 

Esse último um puto gay.

Tanta ginástica, tanto botox, tanto silicone derramado.

Ela declara que não se arrependeu de nada.

Só ficou injuriada, pois o safado do gato boiola não morreu.

 

Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 03/09/2007
Reeditado em 09/01/2015
Código do texto: T636198
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
972 textos (1553286 leituras)
48 áudios (24809 audições)
33 e-livros (29727 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:00)
Rosa Pena

Site do Escritor