Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Dentre os seus defeitos, o pior sou eu."

É bem verdade que todos os apaixonados do universo têm em suas vidas o problema da “superlativação” daqueles que se ama. Aqueles que são realmente amados são sempre os mais inteligentes, mais fortes, mais bonitos, mais legais, mais tudo. Todos os apaixonados, menos eu. Eu continuo achando mil defeitos nele, e realmente há mil ou até mais defeitos nele, assim como em mim. É, parece que essa é a minha forma de amar. As vezes ele até faz cara feia e parece ficar meio com raiva, mas na maioria das vezes ele entra na brincadeira e também se acaba de rir. E eu continuo rindo dos defeitos dele. Mas o mais engraçado dessa história toda não é o fato de eu andar por aí expondo e achando graça nos defeitos dele, nem o fato de eu o amar tanto mesmo vendo o quanto ele é humano e imperfeito, levando em conta a lei no universo que define que as pessoas amadas são sempre as mais perfeitas. Engraçado é o fato de ele insistir em revidar dizendo que o meu defeito é ser apaixonada por ele. Entre o meu ciúme doentio, a minha imensa teimosia, meus ataques de ira cada vez mais constantes, meu egoísmo exagerado, minha criancice, meu desinteresse pelas consequências que saem da minha falta de juízo e meus outros milhares de defeitos, talvez esse seja realmente o pior. Mas é só esse que ele vê? Parece que sim... E isso, o fato de ele só se defender dizendo que o meu maior defeito é querer ele na minha vida, é muito, muito engraçado.
Denyse Barrêto
Enviado por Denyse Barrêto em 11/09/2007
Reeditado em 28/03/2011
Código do texto: T647557
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denyse Barrêto
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 28 anos
115 textos (11529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 18:36)
Denyse Barrêto