Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O beijo roubado (A Saga19)

Constâncio chegou na pensão relativamente cêdo. Também não quis assustar Dª Maria Fel chegando lá depois do cinema e retardando a visita,nem queria também sentir o gostinho de estar com sua namorada e ter que sair rapidamente só pra manter uma imagem...Foi o melhor que fez;Certamente ele e Fabiana ficariam com mais saudades um do outro!Assim que entrou, Dª Santa estendeu-lhe um envelope:"Constâncio,chegou uma carta de sua terra".
Era mesmo.Carta da Tia Mirinha e de Mãe Laura.Diziam que estavam felizes por ele e com saudades.Tinham recebido a ajuda em dinheiro e davam notícias de todos.Durante a ano todo foi assim.Todo mês,ele escrevia,mandava parte do salário pra m,ãe, tudo atravéz do escritório da fábrica,como da 1ª vez.Elas sempre escreviam de volta, dando notícias. A semana de Constâncio foi cheia como sempre.Tinham programado um “Torneio”num Festival de Futebol no campo do Cedro, com a participação de time das redondesas,como:Sete Lagoas,Cachoeira de Macacos,São Vicente,Paraopeba e o América, de B. Horizonte,
Para fazer um papel bonito, o Treinador tinha marcado os treinos dia sim,dia nãoEntão seu tempo foi mais no Campo, que na fábrica.Mas as visitas a Fabiana eram toda noite até as dez horas, como o combinado.Ás vezes Fabiana preparava um “mexido”,pois ele ia pra lá depois dos treinos ,sem jantar.Em outras ele esquentava um prato, quando chegava na pensão depois das dez.pois ficava “sem graça” de dar despesas na casa da viúva, que vivia com dificuldades, como todo mundo daquela cidade,operários e agricultores pobres.
Fabiana de tanto ouvir comentários de suas amigas e dos irmãos a respeito de participação do namorado no time de futebol,demonstrou desejo de assistir a um dos treinos..Constâncio não gostou muito da idéia,pois esses treinos de tão bons, eram muito concorridos,como se fosse um jogo valendo pontos e quase não se percebia a presença de mulheres por lá.Nos jogos até que sim,pois era uma festa.Mas nos treinos era mais difícil;"Podemos fazer assim disse ela. Eu vou até a casa de “seu” Antônio Chatinho pois conheço a mulher dele.Como o quintal deles dá de fundo pro campo de futebol a gente fica de pé num caixote rente ao muro e assiste ao treino sem sermos notadas nem desviar a atenção do povo..Ahh,quero muito ver você em campo.atuando...Deixa,  bahiano..Ela também passou a chama-lo de “bahiano”, como Tóti e Nazon referindo-se ao sotaque que o povo de Januária pegou dos Bahianos ali da divisa.
Falavam:cunzinha,ao invéz de cozinha,mainha,no lugar de mãezinha. Ou YAYÁ e YOYÔ, no lugar de Vovó e vovô;Ele estranhou mas tomou aquilo como carinho.”Ta bem...do lado de dentro do muro,concordou Constâncio. Quando eu fizer meu “goal”, vou lá te dar um beijo...
Quinta feira 5 horas da tarde. Fabiana bateu a campainha da casa de “Seu” Antônio Chatinho.A mulher dele veio atender como combinado.Vão pra lá,”nêga”, disse ela, que conhecia a moça desde que nasceu. Chegaram as duas na beira do muro que era mais alto uns dois palmos que suas cabeças; Subiram nos engradados de garrafas e deu pra debruçarem-se com os braços sobre o muro do campo.Olha aqui o meu “bahiano”, bem do nosso lado.Constâncio era ponta direita e estava atuando na lateral do campo, justamente perto do muro que separava o campo da casa.Menina, mas ele assim de uniforme, calção, parece muito maior e mais forte que de roupa comum, disse a amiga. Voces estão se gostando mesmo, né? É... Acho que isso vai acabar em casamento.,Nós dois queremos muito...disse Fabiana.Nisto passa Constâncio feito um foguete, percebeu o rosto risonho da namorada, deu um corte pra esquerda, no adversário e mandou uma “bomba” de pé direito. O goleiro pulou atrasado e a bola entrou no ângulo direito no alto do “goal”. A torcida rompeu em aplausos. .Constâncio voltou correndo em direção ao ponto do muro onde tinha visto as duas,deu um pulo, segurou no muro e lascou um beijo em fabiana que intuitivamente cerrou os olhos e fêz expressão de quem vai beijar alguma coisa.O rosto suado de Constâncio e o contato dos lábios causaram um aquecimento de febre dos pés à cabeça da moça, que vergonhosa, mas feliz,desceu do caixote e se dirigiu para a porta dos fundos da casa da  mulher de "Antônio Chatinho",que sem entender nada, foi atrás...
Enquanto isto”bahiano” voltou pro jogo e não acertou mais nenhuma jogada.sequer...




Aecio Flávio
Enviado por Aecio Flávio em 25/09/2007
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T668158
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aecio Flávio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
139 textos (21101 leituras)
117 áudios (22400 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 03:56)
Aecio Flávio