Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

novo "conto escatológico"

Há sempre a possibilidade de ir a uma reunião que não nos diz nada ver o que dizem as pessoas...
Imagine a situação de ir para uma reunião e haver quem desate a fazer a acta da bendita reunião parecendo estar a escrever sem ligar pevas ao que se passa à sua volta! Você fica intrigada se for menina, é capaz de se sentir "fodido" se for homem.
Eu de homens não gosto e para "meninas" nunca dei! A verdade é que este é mais um conto escatológico, estou-me cagando para a reunião!
- Estás a fazer a acta Francisco?
- Não. Desatei a escrever para ver se não estou aqui a perder o meu tempo sem fazer nada, na maior parte do tempo, claro. Porque na mais pequena, estou-vos a fazer companhia. E porquê a mais pequena? Calculo estejas curiosa em saber?
- Estou?...
- Porque na maior parte do tempo não estou cá, alheio-me. Por bons motivos, higiene mental!
- O que estás a insinuar? Que a maior parte do tempo só dizemos merda??
- Não leves a coisa tão a peito! Claro que sim, a resposta é Sim, mas isso não é surpresa para ninguém. Se pensares bem não é isso que pensas do que acabei de dizer, uma merda!? Ou, acaso não achas estar a abusar da tua paciência quando digo coisas com as quais discordas e até podes tomar como uma violência? Pois é, eu acho...
- Achas? Achas o quê!?? Estás-nos a insultar a todos?
- Não, a insultar só estou a insultar quem se sentir insultado.
A escrita até pode ser um acto anti-social, por parte de quem escreva para se isolar e pres-cindir dos outros. Já a leitura, mesmo podendo ser feita de forma isolada, espaçada, truncada, desatenta, ou outra..., tente-se o que se tentar, é sempre um acto social!

a leitura é um a©to... [frase(s)]

- Eu já tinha antecipado a tua pergunta, queres saber qual foi a minha resposta?
- Quero.
- É que és muito curiosa e se vires que alguém não está a perder o seu tempo nesta bendita... reunião, tu esforças-te ainda mais um bocadito... Tentas fazer com que o desatento do grupo perca o seu tempo com(o) tu!
- Estás a insultar o grupo!
- Não, estive a ler a resposta que já tinha escrito.
- Vens para a reunião fazer pouco de nós?
- Desejas que eu saia?
- Se é para estares desatento, é capaz de ser melhor!
- Vê lá, decide-te. É melhor, ou é o melhor? Ou o que é que é melhor? Queres que eu saia?
- Não, podes continuar a escrever.
- Obrigado.

RELATO
Um verso pode ser determinado pelo tamanho da letra
conjugado com a largura da página, a pa-
ciência do artista, o gozo
do jogo do poema!
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 03/11/2005
Código do texto: T66895
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310483 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:04)
Francisco Coimbra