Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VELHINHA

Janjão
Entrei no ônibus, no chamado período "A hora do Rush". Lotado o veiculo carregava, moçinhas do comércio, rapazes e moças de fabricas, estudantes que saiam das escolas e que iriam iniciar nas aulas daquele dia. Aborrecido com o fato de ficar quase 1hora a esperar o coletivo, não reparei logo na entrada em nossa personagem. Alias quem chamou minha atenção, foi minha esposa, Historicamente mais atenta do que eu a fatos do cotidiano.

 A senhora aparentando a casa dos 60 anos, um pouco obesa para sua idade, mantinha o semblante sofrido, porem esperançoso. Sentadinha no banco reservado aos idosos, na metade da viagem, ela retirou de sua sacola (enorme por sinal)uma laranja e a degustou ali mesmo, naquela lata velha. Chupou a fruta com prazer. Um prazer digno de uma viagem ao paraíso ou a alegria de ver filhos e netos com saúde e alimentados, correndo pela sala e por todos os cômodos da casa. E suponho que a senhora deva ter filhos e conseqüentemente netinhos. Observava-mos aquele ato digno de uma noite de sexo, onde o orgasmo foi atingido mil vezes.

No final da fruta, ela retirou da sacola, um pãozinho Francês e uma garrafa de água e igualmente a laranja, alimentou-se com muito gosto. Fiquei com a imagem, daquela senhora na memória. Deparo-me com ela quase todos os dias pela manhã. As vezes a tarde-noite, como no caso que conto.

Penso, que País é esse que seus velhos precisam levantar de madrugada e voltar pra casa com a noite já alta?. Que País é esse que seus idosos ao invés de curtirem o tempo com os netos e com amigos, brincando, dançando, divertindo-se, são obrigados a fazerem força com as mãos, as pernas para poder ter uma laranja e um pão pra comer?. Que País é esse que obriga seus idosos a utilizarem transporte coletivo, serviço de saúde precários e de péssima qualidade?. Cada vez mais me convenço: Este País tem uma elite governante de M...
dialetico
Enviado por dialetico em 27/09/2007
Código do texto: T671134
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
dialetico
Limeira - São Paulo - Brasil, 55 anos
179 textos (9943 leituras)
8 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:15)
dialetico