Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A EMOÇÃO DE UM OBESO

JANJÃO

O nome dele é Luis, deve pesar mais de 200 kilos. Tem o semblante da face enrugado, por conta da gordura provocada pela obesidade. È de imaginar que sua gordura seja mórbida e de resultados para saúde negativos.

Movimenta-se com muita dificuldade, embora procure fazer tudo o que garotos e garotas de sua geração fazem. Ao supor pela sua turma, deve ter no máximo uns 18 anos, apesar de aparentar ter uns 25. Sorri muito pouco, mas é de supor que é querido por muitos dos colegas. A missa começa.

O gordo entra ao lado de uma garota de corpo esbelto, típico de quem esbanja saúde. A música faz com que a atmosfera do local, dê vazão para o altar, com as atenções voltadas para o presbítero da celebração.

Pensamentos rolam nas mentes. Como deve ter sido a infância, adolescência, deste jovem gordo?. Gordo sofre. Sofre por ser gordo e produzir movimentos lentos e não raciocínio. Sofre por não ter agilidade para dançar e andar. Sofre por não ser o estereótipo da sociedade globalizada e de consumo. Gordo geralmente não tem namorada, não só porque dele se afastam, mas porque ele delas fogem, de medo e vergonha. Gordo é rotulado, ganham apelidos, alguns agressivos e maldosos. Baleia assassina, bucho, barriga de chope e outras coisas.

Gordo não tem agenda social, tem agenda médica. Gordo é sócio honorário de clinicas de emagrecimento e comprador de todas as revistas, livros e obras sobre como deixar de ser gordo. Gordo ou não transa ou transa muito pouco e mal. Chacotas se faz com seu bilau.

O pensamento vai longe, enquanto o padre faz um sermão fantástico sobre o papel da educação e dos educadores na vida da juventude. O gordo escuta com atenção.

È impossível não enxerga-lo, ele é enorme. As costas caídas para frente, deve ter sérios problemas de coluna.

Chega o momento do abraço da PAZ, em que o padre solicita que nos cumprimentemos uns aos outros com a frase A PAZ DE CRISTO, se possível com forte abraço. O gordo levanta-se do banco já em lagrimas e vai abraçando um a um de seus amigos, os quais conviveu na escola.

As lagrimas vão aumentando e toda a igreja se volta para o gordo, abraçado a sua família. Os pensamentos rolam e chegam ao seu fim e terminam com a frase do Lemisnk: Isto de querer ser exatamente o que é, ainda vai te levar alem.

dialetico
Enviado por dialetico em 27/09/2007
Código do texto: T671140
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
dialetico
Limeira - São Paulo - Brasil, 55 anos
179 textos (9943 leituras)
8 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:28)
dialetico