Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tratado prático do Fabrico de Galipões utilizando Gradaós escolhidos


Com um caderno na mão, Mané da Silva anota palavras que lê e ouve. Na mente, uma firme decisão: ser dicionarista a qualquer preço. Um detalhe, não conseguia.

Certo dia, num por do sol no lago de Galipões a sua mente se abriu. “Eureca!” berrou erguendo as mãos para cima.

Estava a observar um pescador, que custava pegar peixes. Era anzol pra lá e pra cá e nada! Enquanto o pescador era infeliz em sua missão uma garça na primeira tentativa conseguia.

“Como conseguem?”, indagou em seus pensamentos

Duas horas depois constatou: o pescador atirava seu anzol pra qualquer lado. A imponente garça escolhia suas presas, certo peixe conhecido de Gradaós.

Mané da Silva continuou com seu caderno catalogando palavras, mas, agora, só palavras que desconhecia.

Cinco anos depois revolucionou o mercado editorial brasileiro com o dicionário: O Mané e os Gradaós da Garça.




(Esse texto foi escrito na oficina literária de Ester Mambrine no 12º ENSECOM 2007. A idéia era produzir um texto narrativo partindo desse título, que pra variar ninguém sabia o significado. O nome da técnica é: jogo de palavras raras. Detalhe não podia procurar no dicionário.)

João Áquila
Enviado por João Áquila em 18/10/2007
Código do texto: T700177
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Áquila
Aracaju - Sergipe - Brasil, 34 anos
142 textos (33664 leituras)
1 áudios (113 audições)
1 e-livros (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:28)
João Áquila