Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sândalo

Sândalo

Gabrielle era uma moça diferente das outras moças do vilarejo, era completamente alheia a tudo o que acontecia.
Era muito criticada pelas pessoas da vizinhança e até mesmo por sua família, que achavam suas atitudes estranhas, muitos a julgavam como uma pessoa inconstante, só porque ela tinha uma forma diferente de ver as coisas e isso fazia com que ela tomasse atitudes as vezes inesperadas, inesperadas para aqueles que não a compreendiam.
Era uma mulher incompreendida, sim Gabrielle já era uma mulher.
Mas se as pessoas reparassem realmente nela veriam que ela era simplesmente uma menina, uma jovem, uma mulher. Todas dentro de uma única pessoa e isso talvez a fazia diferente, mas se observassem atentamente perceberiam que ela sempre era a mesma pessoa com os mesmos pensamentos e princípios.
Talvez as cobranças sofridas por Gabrielle a tivessem deixado com dúvidas tanto sobre a vida como em relação a sua própria personalidade e características. Mas tudo muito passageiro, ela era extremamente consciente do que queria para sua vida e do que lhe fazia bem.
Resolveu deixar de lado todos os comentários feito sobre sua pessoa, até mesmo os bons, decidiu ser o que era se importar com o que diriam dela, afinal ninguém melhor que ela para saber o que lhe fazia feliz.
Mesmo ainda com algumas inquietações, mas nada que mudasse sua essência, Gabrielle resolveu descobrir realmente quem era a pessoa que ela via todos os dias ao se olhar no espelho. Sem muitos sacrifícios ela se descobriu, a ajuda veio de diversas partes, todas muito importantes.
Mas tinha uma que havia sido de extrema importância, a qual ela jamais se esqueceu, também jamais se esqueceu de quem a ajudou a descobrir.
Percebeu que o que lhe fazia diferente das outras pessoas era o que era realmente importante, e que essa importância ela iria carregar por toda sua vida, o simples fato dela saber o que havia de diferente nela era o suficiente, já que ninguém a entendia ninguém precisava saber das suas descobertas, se ela podia claramente se entender nada mais importava.
Decidiu acrescentar mais significado a sua vida, além de tudo que já a tornava belamente diferente viu que nada mais poderia mudar sua essência, agora que realmente havia entendido sua alma, continuou do mesmo jeito que sempre foi, se alguém reparou alguma mudança não lhe disse nada, ela também não fazia questão de escutar.
A coisa mais bela que lhe aconteceu, foi que ela entendeu seu coração, pode visivelmente ver seu amor e sua forma de amar. E o melhor encontrou alguém que ela pudesse dedicar esse amor da forma que ela sempre quis e que ninguém entendia, e que talvez nem mesmo a pessoa escolhida por ela entendesse. Mas Gabrielle acreditava que um dia alguém ou mesmo todos a compreenderiam de alguma forma, talvez ela tivesse algo a ensinar para aquelas pessoas que um dia a julgaram sem antes a conhecerem.
Tudo ficou calmo na vida de Gabrielle, ou seja, tudo ficou da forma como ela sempre foi, pois ela acreditava que cada coisa tem o seu valor, que tudo tem seu tempo, que cada um tem o que merece ter, que quanto mais leve forem os pensamentos mais simples e divertido fica viver.
Talvez possamos aprender algo com esta moça, menina, mulher. Tudo bem que ela fosse diferente, as vezes ela possa ter parecido inconstante, mas não nos esqueçamos que era um ser humano como qualquer outro cheia de imperfeições e qualidades, mas pode ser que ela tivesse um coração bom e que as vezes por ignorância muitos perderam a oportunidade de conhecer. Mas ela tinha amigos e para isto ela dava a extrema importância.
Roberta Krev
Enviado por Roberta Krev em 24/10/2007
Código do texto: T708445
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roberta Krev
Tabatinga - São Paulo - Brasil, 33 anos
308 textos (7739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 17:08)
Roberta Krev