Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCURAS DE ROSAS!

Nos seus dias de lua.
Subscritava, para si, buquês de rosas ao luar.
No dia seguinte, em todas suas horas, Rosa se punha a lua, cantar.

- Lua, luar...
- Que pode Rosa de ti esperar?
- Rosas!Quem sabe Rosa receberá.
- Rosa um dia Rosa será!

Certa noite de luar, numa de suas luas, Rosa, se pôs, a se despetalar.
Primeiro o pulso direito... Segundos depois o esquerdo começou, também, a jorrar.
Porém, na poça vermelha, Rosa não pôde em um buquê de Rosas se transformar.
Levando largo tempo para Rosa, rosas, outra vez, poder admirar.

Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 08/11/2007
Reeditado em 09/11/2007
Código do texto: T728893

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
485 textos (16479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:20)
Cláudia Célia Lima do Nascimento