Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a cesta e o lixo

A cesta e o lixo ( diálogo mítico)


Sentindo-se chateada pela presença do lixo a cesta falou:
C: Por que tu não vais embora? Tu e esse teu cheiro insuportável me sufocam!
Vais embora e me deixes livre!
 L: Oram vejam só! Tu és apenas uma simples cesta e ninguém se preocupa contigo, mas aqueles que me fazem vem sempre me levar e para onde vou, sou disputadíssimo e eles até brigam e às vezes se matam por minha causa.
Muitos morrem de fome quando não estou presente Como vês, és apenas uma cesta inútil e vazia de vida. Portanto, não me incomodes.
 C:Vejo que és um tolo, deslumbrado e visionário. Tu achas que alguém vai brigar por algo fedorento e insuportável como tu és?
 L: Ora, ora! Além de inútil, és também ignorante!. Você ainda não conhece o apartheid social? A globalização o criou e por causa dele agora eu valho uma pérola e os urubus humanos me disputam a fim de não morrerem de fome e sou eu que alivio suas vidas de miseráveis.
A cesta então disfarçou um sorriso e disse:
C: espero que venham te buscar o mais rápido possível para que ninguém venha morrer por tua ausência.
Então, reinou o silêncio e ambos ficaram em harmonia.
                                        Farick
Farick
Enviado por Farick em 08/11/2007
Código do texto: T729197

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Farick
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
69 textos (14343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 07:33)