Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Depreciação

1
A noite foi tão comum, exatamente como aquela que antecedeu a manhã em que uma menina loira, descabelada e faminta veio bater na minha porta, é incrível o que uma noite na rua faz com alguém. Você, de repente ficou volúvel e tão indefesa.
Um dia que te vi na rua, e algumas horas depois eu estava te apertando contra um muro, você gemendo baixinho no meu ouvido, eu pensei, que tinha que te comer.
Você ainda não decidiu se quer dar ou quer comer, isso está me irritando. É bom fingir que estou dormindo e ver você andando nervosa de um lado para o outro.

2

Que coisa, o que eu estou fazendo aqui? Queria cheirar, mas não tem pó, fui fazer um café mas também não tem pó, nem poeira na casa.
O que eu vou fazer? vou acorda-lo? E se ele brigar comigo? Ele é um estranho e acho que hoje eu vou para escola. Eu não queria ter que voltar para algum lugar.
Marcela Fells
Enviado por Marcela Fells em 20/11/2007
Código do texto: T744228

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para sua obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcela Fells
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
11 textos (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 15:03)
Marcela Fells