Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Descida

O objecto pequeno e oval, contém-se a si próprio, está colado à superfície do disco metálico juntamente com os seus muitos irmãos gémeos verdadeiros. Parecidos, prontos a avançar, esperam a passagem de tempo, o momento apropriado para o enquadramento da acção. Quando chega esse momento, impelidos pela mesma força invisível libertam-se todos em simultâneo da placa mãe e lançam-se em correria louca, arrefecendo um pouco à medida que vão descendo.

Como projécteis velozes rumo ao alvo, como sonhos loucos de concretização de um mesmo destino, eles vão. E para onde vão? Impelidos por força invisível, não sabem – limitam-se a imitar-nos, pobres homens que também não sabemos de onde surgimos e qual o nosso desígnio último.

O objecto exulta no esplendor da acção, esquecendo-se até de si próprio. Sente a força do acto comunitário sincronizado, qual militar em parada exibindo farda com aprumo, mostrando marchar eficaz fruto de não sei quantas horas de ordem unida ouvindo berros de sargento que escrevem no ar “e-hooop e esquerdo direito e alto e descansar, àaaa-vontade”. Sente vida em si, que está completo, realizado e feliz. E assim, ignora tudo e todos, e todos e tudo - tudo o resto. Também aí nos imita, animais egoístas que no auge da força só queremos saber de nós em nossos planos e concretizações.

O objecto suspira, ansiando cada vez mais e mais pela chegada. Que já está próxima. Mas após esta virá o fim. Paradoxalmente, o resultado lógico de todo o trabalho e preparação conterá em si memo a aniquilação de todos os intervenientes.

 Finalmente, o objecto chega – ele e todos os seus irmãos gotas gemeas. E o seu corpo oval contentor de água funde-se com o fio loiro fazendo a mulher sentir com prazer a torrente quentinha e gostosa. Que chega ao topo do cabelo e continua o seu caminho arrastando consigo pedaços e mais pedaços de “shampoo”.
José Espírito Santo
Enviado por José Espírito Santo em 03/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T763804

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Espírito Santo
Portugal, 51 anos
155 textos (7488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:32)