Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS DOIS CEGOS


Um ceguinho estava parado numa calçada, em uma avenida movimentada, com seu cão guia, esperando para atravessar quando por coincidência chegou outro homem cego, também com seu cão.
Ele parou ao lado do primeiro e ambos permaneceram em silêncio durante alguns segundos. O primeiro pigarreou, o segundo tossiu um pouquinho e aí o primeiro cego tomou a iniciativa :
- Vamos atravessar ?
- Vamos sim !
E então ambos permaneceram parados aguardando o outro tomar a iniciativa.
Passaram-se uns três minutos e ambos perceberam que já teria dado para atravessar. “ Que cara mais lerdo ! “ pensaram os ceguinhos.
Passados seis minutos ambos começaram a perder a paciência :
- Tá difícil aí ?
- Como assim difícil aqui ? Tu que é um tremendo de um lerdo !
- Eu lerdo ? Você é que é um babaca !
E começaram a brigar ! O primeiro errou um soco e quase caiu. O segundo errou o chute e deu um mau jeito nas costas...De repente se agarraram. Foi aí que os cachorros se estranharam e se engalfinharam também.
A coisa ficou feia ! Era sopapo para um lado e mordida para o outro.
Até que chegaram dois executivos e apartaram as brigas :
- Que coisa mais feia ! Dois ceguinhos brigando !
Aí então os dois homens cegos começaram a rir e se abraçar. Os executivos se afastaram sem nada entender.
Hoje em dia os ceguinhos tornaram-se amigos inseparáveis, mas tiveram que dar os cachorros, porque os bichos não podiam nem se ver...


Sigmar Montemor
Enviado por Sigmar Montemor em 26/11/2005
Reeditado em 16/03/2006
Código do texto: T76711
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sigmar Montemor
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 52 anos
1762 textos (285470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:39)
Sigmar Montemor