Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS UM GALHO.

Da janela daquela varanda humilde mas de muito significado para mim, parei e observei.
O NASCER DO SOL DAQUELE DIA.
Porque parei,
Porque olhei,ou, porque me fez agir daquela maneira....eu nao sei, so sei que o dia amanhecera normal, a unica diferença era um GALHO de uma àrvore entre o "sol" e "eu".
Quando ele "o sol" começou a refletir seus raios,aquele GALHO impedía-me de ve-lo totalmente. aos poucos aquele GALHO servia para que eu nao saisse para buscar sombra,pois,ele era quem  impedia o sol e consequentemente  me protegia do calor,
e foi ali, naquele momento onde pude perceber e sentir a importancia muitas vezes que há naqueles que nos impedem que vejamos o que queremos,e da maneira que queremos. comecei entao a me questionar.....
se nao fosse o galho daquela àrvore eu ja teria visto o que queria ver,ja  teria saido e tudo nao passaria de mais um amanhecer.
Enganamo-nos se  assim pensamos.
O GALHO que me impedia de ver o sol, fez-me procurar espaços diferentes para encontra-lo.Ao mesmo tempo este mesmo GALHO tinha folhas que  protegia a pele, meu corpo,enfim.
E eis que derrepente naquele GALHO que tudo impedia........
pousa um passarinho ,que cantava,saltitava,parecia dizer-me veja e sinta como eu sou feliz.
Entao, naquele momento compreendi o verdadeiro sentido do GALHO que impedia mas na realidade nao impedia nada.
Nao impedia porque foi com ele,através dele que aprendi a valorizar cada pequeno obstáculo que as vezes nos ajudam a encontrar o verdadeiro sentido da vida.


(os galhos que as vezes nos impedem de ver,podera ser o unico meio que teremos para procurar outros rumos quem sabe melhores.)
dora
Enviado por dora em 04/04/2006
Código do texto: T133545
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dora
Chapecó - Santa Catarina - Brasil, 64 anos
179 textos (13782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:16)
dora