CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

UMA HISTORIA DE AMOR VIRTUAL


Esta é uma real história virtual,
mas também pode ser uma virtual história real.
Osculos e amplexos,
Marcial
 
UMA HISTORIA DE AMOR VIRTUAL
Marcial Salaverry

Através da Internet, tem surgido muitos casos de amor. Para alguns, estranhos amores. Para outros, amores autênticos.
Pessoas que não se conhecem fisicamente, apaixonam-se por detalhes, que acabam exercendo um certo poder de atração. Por textos escritos, por fotos, por conversas via telefone.
Sempre existe algum perigo nisso. Quem garante que os textos cheios de sedução são escritos mesmo pela pessoa com quem se fala? Ou que as fotos trocadas são realmente das pessoas que estão se namorando? Ou mesmo com quem se fala pelo telefone. Já houve de casos de homens que se fizeram passar por mulher, e vice versa...
Possivelmente os casos de desengano, superam os casos que deram certo. Sim, porque já houve diversos casos que deram muito certo, pois sempre houve sinceridade desde o início.
Ninguém se fantasiou de nada.
Mas a virtualidade pode encobrir muitos defeitos. Ou não. Tudo depende de se usar ou não de uma sinceridade absoluta.
Eunice, vivia um casamento aparentemente bem sucedido. Trazia consigo algumas mágoas devido certos deslizes de seu marido, que sempre procurava esquecer, para não criar nenhuma área de atrito, devido aos filhos do casal.
Mas não era totalmente feliz. Sempre tinha na lembrança os aborrecimentos causados pelas atitudes levianas de seu companheiro. Sentia-se muito só.
Encontrou nas salas de chat um lenitivo para algumas noites solitárias. Começou a fazer algumas amizades, simples bate papo. Porém, encontrou Rodolfo. Aconteceu aquela coisa mágica entre ambos. Sentiram-se atraídos.
Eunice de repente descobriu-se apaixonada. Inexplicavelmente começou a sentir-se atraída por Rodolfo. A atração foi mútua. Ela chegou a descobrir uma insuspeitada vocação para escrever . O amor que começara a sentir, despertou sua veia poética. O mesmo aconteceu com Rodolfo.
A troca de românticos poemas serviu para aumentar a atração entre ambos.
Para Eunice, existe um obstáculo quase intransponível... Seu casamento, seus filhos... Como fazer? Parece não fazer muito sentido deixar uma vida estabilizada, embora não totalmente feliz, por uma aventura de sabe-se lá quais consequências.
Há ainda que se levar em consideração a distância que os separa.
Para Eunice é praticamente impossível ir ao encontro de seu possível amor, principalmente devido aos laços familiares.
Para Rodolfo, poderia ser, na teoria, mais fácil, mas seria uma mudança total e completa de vida, o que sempre representa um enorme contratempo, para quem já tem raízes em seu lugar de origem, apesar de ser viúvo já há algum tempo.
Esta é uma história de amor que fatalmente não terá fim feliz. Deverá permanecer apenas nos sonhos "internéticos", pois será quase impossível que eles consigam se reunir.
Acima de todas as dificuldades já citadas, de distancia, laços familiares, ainda há que se ressaltar um outro fator que muitas vezes faz com que os conhecimentos virtuais não tenham futuro.
Chama-se CONVIVÊNCIA.
Quem poderá garantir que essas pessoas que descobrem amar-se virtualmente terão uma boa convivência uma vez reunidos?
São tantos fatores que podem determinar uma incompatibilidade entre ambos, que penso não ser necessário citá-los. São aquelas manias e costumes que todos temos.
Isso tem que ser muito bem pensado e analisado antes de se tomar atitudes precipitadas.
Jogar para o espaço uma vida estabilizada para tentar uma aventura não me parece ser o mais lógico. Enfim, cada qual deve sempre saber de sua vida.
Para Eunice, fica um pensamento final... Será que esse amor virtual irá superar as barreiras que separam a virtualidade da realidade? Uma coisa é a beleza de lindas palavras e poemas trocados. Outra coisa é a verdade nua e crua da vida, da convivência, com seus cheiros e manias... Salvo se sua vida familiar estiver mesmo em seu limite de tolerância.
Cada caso é um caso. A regra geral sempre é muito perigosa para ser citada.
Vamos torcer para que Eunice e Rodolfo, ou Eunice e Aloisio encontrem seu caminho, encontrando assim, a felicidade tão ardentemente desejada.
Com esse pensamento, desejo que não somente os heróis de nossa história, que é um depoimento feito por uma pessoa que por razões óbvias deseja o anonimato, mas que todos, tenhamos UM LINDO DIA.

PS: Os nomes citados são fictícios, respeitando a privacidade dos envolvidos. "Eunice" autorizou a publicação, segundo suas palavras, para deixar um alerta.

Amores virtuais,
ou amores reais...
Quais os amores normais?
Marcial Salaverry
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 17/04/2006
Código do texto: T140333
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 75 anos
16261 textos (1723284 leituras)
3 áudios (757 audições)
6 e-livros (2077 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 15:53)