Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FONTE DE INSPIRAÇÃO

Teu corpo magrinho transmite encanto e um ar de graça, quando vens ao meu encontro ou andas pelas ruas solitárias da cidade. Pareces bailar, envolta num clima romântico, transmitindo ondas de “mistérios” que somente eu consigo definir.
A perfeição das linhas físicas do teu corpo faz-me sentir caçador de um tesouro escondido na mais perfeita e intrigante profundidade do seu coração. Ah, quanta beleza ostentas nesse teu corpinho quente, gracioso e sensual!...
Quando passas por mim, abalas (e nem por que) as estruturas de todo o meu ser. A vida, o destino e o tempo aprontam cada travessura com a gente, que às vezes, fico a imaginar se as coincidências e os acasos acontecem só para dar um empurrãozinho (para o lado da sorte e da perspectiva de novos horizontes) quando realizam alguns sonhos que parecem impossíveis ao nosso modo –  ainda um tanto primitivo – de pensar.
Teu corpo magrinho, ao sussurro do vento, tem uma musicalidade incrível que seduz minha alma. Tudo em você tem graça e emoção. A mesma emoção que sinto agora ao tê-la presente nas estradas da minha vida – uma emoção fantástica, ímpar, um verdadeiro presente dos céus!
Que mais posso falar, senão que, somente em poder ser seu amigo, te admirar, contemplar o teu lindo sorriso, explicar para todos que a amo, dizer aos ventos que és a minha maior fonte de inspiração? Tudo isso já é uma dádiva, um milagre... De que mais posso reclamar, se isto me basta para simplesmente ser feliz?
Se esta oportunidade, de admirar a pessoa fantástica que és e de tê-la como “amiga”, foi-me dada, então não posso de maneira alguma despediçá-la. Tenho mais é que viver intensamente, aproveitando cada instante mágico desta nossa maravilhosa amizade. Afinal, os instantes que passam, marcam, fortalecem o nosso interior, fazem transbordar a nossa felicidade... E uma vez que passam, jamais serão repetidos.

Fonte: Antologia Literária “Escritos Feitos de Amor” – Casa do Novo Autor Editora. São Paulo. 2003. pp. 48-49.

André Filho
Enviado por André Filho em 24/06/2006
Reeditado em 10/01/2010
Código do texto: T181605

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Filho
Guarabira - Paraíba - Brasil
72 textos (16766 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:13)
André Filho