Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A história que não começou...

Era uma vez...
Pai...
Hum!
E se forem dua?
Dua? Dua o quê?
Vez, pai, dua vez...
Duas vezes o quê, minha filha?
Ó, assim: Era dua vez...
Duas vezes!
Duas vezes o quê, pai?
O certo é dizer: duas vezes... não: dua vez!
Ah! Era duas vezes...
Eram! – gritou impaciente o pai.
Calma papai, voc...
Eu to querendo te contar e você não deixa...
Tá bom, conta...
Era uma vez
Duas, pai, duas vezes...
Não, m-e-n-i-n-a, uma vez só!
Mas pai não é eram duas vezes?
Chega!
Só isso, pai? Já acabou!?
!? 

Moral da história: Quem não tem competência que se acalme!
Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 22/07/2006
Reeditado em 24/07/2006
Código do texto: T199450

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351740 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:37)
Nel de Moraes