Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ESTELAR


Nosso amor foi uma estrela .
Sim,por certo uma estrela de primeira grandeza!
Porém,com o passar do tempo, as energias esvaeceram...
Vieram as nuvens de  poeiras ...
Tornamo-nos  nebulosas...
De nossos interiores nasceram novas estrelas...
Nebulosa de emissão?
Elementar, pois em nossos corpos brilharam luzes dessas radiações, jovens estrelas , quentes e azuis...
Estamos posicionados na mesma via Láctea, entretanto  em espirais opostos...
Pertencemos aos aglomerados abertos... Em deslocamentos separados...
Nossa crise do amor representou o choque da vida com a sombra, do sol com a terra, da loucura com a morte...
Não mais do que de repente, de nossas almas renasceram novas energias...
As nuvens dos  nossos resíduos  uniram-se a essas energias e fizeram brotar novas vidas, com luzes resplandecentes.
Com isso, aqueles sumos que gotejavam das nossas íris,quando nossos corações  foram espremidos, secaram...
Hoje,daquele amor, só restam os contos, poemas e poesias, do poeta faminto de inspiração, em busca de ritmar as palavras com o intocável.
Asseguro, finalmente, que aquele amor virou uma Estrela Anã Negra.
                                 The   End
 
Junho/2006
CID JAUHAR
Enviado por CID JAUHAR em 11/08/2006
Reeditado em 29/09/2008
Código do texto: T213787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CID JAUHAR
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
70 textos (9350 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:41)
CID JAUHAR