Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estúpido Diário

"Querido diário..." Não, risca isso. Não posso chamar esta agenda de "querido diário", pois é a primeira vez que tento escrever um , então, ele não pode ser querido, ainda. "Prezado diário..." Formal demais, não? Mas quando a gente inicia uma relação deve tratar assim, com certa distância. Se bem que não estou escrevendo para alguém ler, então, pouco importa. "Estúpido diário. Desculpe te chamar assim, mas preciso jogar minha raiva em alguém. E eu escolhi você. Não é nada pessoal, pois também estou te escolhendo para ser meu melhor amigo, já que não tenho ninguém que possa considerar assim. Se quiser, pode me xingar também, não ligo. Afinal, as pessoas já me maltratam tanto. Meus pais querem que eu seja uma princesinha. Minhas amigas querem que seja uma patricinha e meu namorado queria que eu fosse uma piranha. Não sou nada do que querem que eu seja e ninguém enxerga isso. Vivo num mundo que não me entende, por isso, sinto que não estou vivendo, mas apenas existindo.
Falando em namorado,hoje terminei com ele. Não pense que estou com raiva por isso. Ou talvez sim. É que a gente se apaixona por um ideal, achando que uma pessoa é diferente, que é especial e tal. Mas muitas vezes essa pessoa é tão igual a todas as outras que dá nojo. Sei que sou muito jovem, mas isso também é um saco. Sou nova demais para certas coisas e velha para outras. Como diz a Britney Spears, "não sou nem garota, nem ainda uma mulher". Sim, estúpido diário, eu gosto da Britney, mas não conte isso a ninguém, pois vou negar. Tenho vontade de pular a janela e fugir, como nos filmes, sabe? Mas sei que posso correr, correr e, não importa para onde eu vá, eu estarei lá. E, junto, todos os meus problemas, sonhos e decepções. Mas a vida é assim, a gente cai, rasteja e nosso coração quebra em mil pedaços, mas o mundo não dá uma pausa para a gente lamber as feridas. Falando nisso, eu vou dar uma pausa, pois acabo de receber um torpedo de um colega meu que é muito legal, e vou responder. E me despeço de você, diário, por aqui. Pois tenho prova de Matemática e preciso estudar. A vida continua e amanhã ainda estarei aqui.
Márcio Brasil
Enviado por Márcio Brasil em 18/09/2006
Código do texto: T243006

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Márcio Brasil
Santiago - Rio Grande do Sul - Brasil
181 textos (37070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:47)
Márcio Brasil