Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sofrimento de Billy

 E lá estava Billy, sentado na macia grama do quintal daquela grande casa, como sempre fazia todas as tardes desde o dia em que sua amada Anne se fora. Depois da morte dela, tudo havia perdido o sentido, as pessoas daquela casa haviam se tornado como fantasmas, só agora percebia que somente ela lhe dava valor, pareciam até fingir que ele não existia, estava pensando em ir embora daquela casa, já estava velho e as pessoas pareciam não ligar para um velho.
 Sempre que se sentava ali recordava-se com uma assombrosa nitidez a morte dela; era tão graciosa, por mera distração ao atravessar a rua não pode desviar a tempo do carro, o motorista sequer parou para prestar socorro, seguiu sua viagem como se nada tivesse acontecido, o desespero preencheu cada parte de seu corpo, correu pedindo ajuda, mas ninguém parecia entender o que dizia, devido talvez a enorme angustia que se apossara dele ao ver sua amada lá com as vísceras expostas ao sol.
 As pessoas da mansão não tardaram a chegar, o que o magoou foi a frieza com que trataram a morte dela, nem um misero velório foi feito, foi jogada em uma cova rasa fora de um caixão, coberta pela terra sem proteção alguma para os vermes festejarem mais depressa, ele só continuava ali por não saber que destino seguir, mas logo sairia dali, pensava ele.

  - Ei Carlos, tá escurecendo e o Billy ainda tá lá fora. - disse Amanda. Carlos olhou pela janela.
  - Esse cachorro deve estar doente, eu vou lá.- beijou os lábios de Amanda e saiu para guiar o cachorro para o canil.


  Fim
   
Raphael Vigonsa
Enviado por Raphael Vigonsa em 30/10/2006
Reeditado em 08/04/2013
Código do texto: T277829
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raphael Vigonsa
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil, 31 anos
61 textos (10064 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:53)
Raphael Vigonsa