Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

!!! O OLHAR !!!

               Foi no primeiro dia de aula, do semestre seis. Todos nas galerias, narrando as novidades das férias.
               - Qual a primeira aula?
               - Conhecem o professor? Ele é legal? Como é então?
               - Bem ele é... É esse que vem aí...
               - Chi!!!!! O mesmo de semestre três, que humilhou uma colega na sala de aula. -Isso não é resposta, minha senhora, de uma universitária pensante. - Ele usava muito esta expressão: "Saber pensante".- A senhora deveria ser chofer de fogão. - Epa! Professor, respeite a ignorância da nossa colega pensante! E foi uma equipe, reclamar na coordenação da Faculdade, para retirar o professor da sala de aula. E entre tapas e beijos, voltaram todos e concluíram o semestre na paz esperada.
               Entraram todos na sala de aula, aguardando a apresentação do professor, com aquele sorriso de acolhimento e um: Bem-vindos acadêmicos do nosso
Brasil, futuros homens desta nação, cabeças pensantes... Nada. Secamente... 
               -Boa tarde. Sou o professor de Antropologia Cultural. Estou aqui para transmitir um pouco dos meus conhecimentos e encontrar em vocês, disposição para as pesquisas. Um semestre oferece um tempo ínfimo. Quem quiser ser bom estude ou terão apenas um canudo oco, com uma cabeça vazia... Nestes termos, mais ou menos.
               Sentei-me na primeira cadeira, da primeira fila. Sempre chegava cedo no primeiro dia e comentava sorrindo: - Aluno estudioso é assim, senta na frente,
aprende mais, destaca-se mais... A traseira está destinada aos “conversantes e colantes”.  Modéstia a parte, fazia parte da turma de destaque da sala. Nunca fiz recuperação nem segunda chamada, era monitora, organizava as festinhas, apresentava os trabalhos de equipe etc. etc. Quando ia formar minha equipe citava:     
                -Quem for pensante aproxime-se de mim. Quem for colante... Aí citava um nome qualquer, as gargalhadas....Achegue-se a fulano...
               - Junto com vocês, pesquisaremos, debateremos o comportamento humano, seus aspectos físicos e sociais, desde a família primitiva até família nuclear contemporânea...
               - Você aí. Faça uma pequena descrição sobre este tema...Todos se entreolharam e indagaram com o olhar...Para quem a pergunta? Quem vai responder?.. E o silêncio na sala... A vontade de sorrir da situação, mas quem ousaria? O homem era um poço de antipatia e autoridade... Era um sujeito de boa altura, magro, feio e o olhar! Nem imaginem !...
               - Vocêeee... Menina de blusa vermelha!
               - Eu professor? Não identifiquei se era para mim! O senhor olha par um lugar a gente pensa que é para outro!
               - Uma gargalhada geral, bem rápida. Depois silêncio, já esperando uma mãozada na mesa e um “esparro” grandioso.
Com ar de segurança, sem frustração: Graças a Deus, este meu estrabismo. Assim, nos dias de NES e NEF posso notar quem está colando, sem ninguém perceber a direção do meu olhar.


Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 31/10/2006
Reeditado em 03/03/2007
Código do texto: T278466

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2327 textos (124317 leituras)
9 e-livros (530 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:19)
Sonia Nogueira

Site do Escritor