Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FILHA ÚNICA

-Até amanhã, dona Maria.
-Até amanhã, Rita. Vá com Deus.
-Mamãe, vamos assistir televisão?
-Não posso, Maria Eduarda.
-Olhe, mamãe, o desenho que eu fiz para você. Faça um para mim.
-Filha, estou ocupada, agora.
Daí a pouco a menina gritou:
-Mamãããããããe! Venha ficar comiiiiiiiigo! Estou soziiiiiiiinha!
-Não está, Duda. Eu estou aqui.
-Só você! Só você! Só você!
-Puxa, Dudinha, você não gosta de ficar comigo?
-Gosto, mamãe, mas eu sou pobre de gente, sabia?
-Como assim?
-A Rita foi embora; o papai está viajando; eu não tenho irmãozinho e nem uma amiguinha para brincar comigo! Que coisa chata!






Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 08/11/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T285459

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:31)
Anna Célia