Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Final Feliz.

          Não consigo mais viver assim. Quanto mais nos falamos mais me apaixono. Mas, é impossível. Ela é inalcançável. Nem o que sinto poderá retirar a barreira que há entre nós. Não vejo esperança. Então ela me olha. Com aquele olhar que penetra minha alma como se fosse a mais afiada de todas as adagas e crava em cheio em meu coração. O que faço? Sua voz, música aos meus ouvidos, aquece minha alma e me enche de esperanças em apenas dizer oi. Penso, penso, penso e não chego a uma solução. Siga seu coração, eu digo. Estou confusa, diz ela. Siga seus sentimentos, torno a insistir. Eu não sei o que sinto, não consigo me entender, ela responde. Ainda há algo a fazer? O tempo acabou. Meu tempo acabou. Nosso tempo, será que acabou?
          Os sinos badalam. O órgão toca. As pessoas se levantam. A noiva chegou. Ela chegou. O noivo, feliz da vida, a aguarda no altar. Eu, a observo montado em minha moto. Ela me vê e seus olhos se enchem de lágrimas. Seu pai percebe minha presença. Sua mãe também. Eu continuo a observá-la. Algo estranho paira no ar. Ela se detém. Seu pai a encara. Profundamente em seus olhos. Ela diz alguma coisa. Sua mãe beija sua testa. Seu pai olha para mim. O que está havendo? Ele me olha e diz alguma coisa. Não acredito no que leio em seus lábios. Não é possível. O órgão para de tocar. O noivo percebe que há algo errado. Ele surge na porta da igreja. Ela beija sua mãe, abraça seu pai, e eu percebo a despedida. O noivo corre até ela. O pai posta-se a sua frente enquanto ela dá as costas para a igreja, para a cerimônia, para os convidados, para o noivo, para tudo, menos para o amor. E corre. Corre na minha direção. Agora eu acredito no que li nos lábios de seu pai. Faça minha filha feliz, foi o que ele disse. Ela abandonou tudo e todos. Menos o amor. Menos, eu. Ela me abraça e sussurra em meu ouvido palavras que explicam tudo: Eu te amo. Eu te amo e não vou te deixar de novo. Ligo a moto. Para onde vamos? Não sei. Só sei que como toda história de amor, a nossa também teve final feliz.
Léo Rodrigues
Enviado por Léo Rodrigues em 25/11/2006
Reeditado em 25/11/2006
Código do texto: T300721
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.leorodrigues.recantodasletras.com.br" e entre em contato comigo pelo e-mail contido no mesmo site.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Léo Rodrigues
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
149 textos (37633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:00)
Léo Rodrigues

Site do Escritor