Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem será a próxima vítima...


Ó  vida bandida, violada e temida
A cada minuto morre uma vítima
Onde somos prisioneiros do próprio lar
e não há em quem confiar
Somos frutos do próprio homem
Fomos criados na mesma semelhança
Fomos lapidados e criados por um só Deus
Mas a violência teima em reinar
Que mundo é esse, onde somos privados da nossa liberdade
Onde saímos de casa todas as manhãs
Sem saber se voltamos para o seio de nossas famílias
A cada bala perdida é nos tirado um amigo querido,
Uma criança inocente ou alguém que não conhecemos
Ó vida bandida, onde a falta de fé é constante
Que nos tira o sorriso e a falta de amar
A cada criminoso vejo como um irmão
Mas ele me vê apenas como seu ganha-pão
Ó vida... Que nem aqueles que acreditamos,
e depositamos total confiança podemos acreditar
Trai-nos pelas costas e ainda se acha no direito
De se achar inocente
Hoje me resta lamentar não sorrir e sim chorar
Onde perco um amigo, que covardemente foi ferido
Nem pôde se defender, não resistiu
e partiu dessa vida com um único propósito:
A da Justiça.
Luciano Ricardo
Enviado por Luciano Ricardo em 05/09/2007
Código do texto: T640040

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Ricardo
Salvador - Bahia - Brasil, 42 anos
81 textos (51605 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:19)
Luciano Ricardo