Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAS QUEM FOI MERCEDES DOLORES?

O leitor, com certeza, não conhece Mercedes Dolores. Sua ignorância sobre ela é perfeitamente desculpável, tendo em vista que pouquíssimas pessoas tiveram acesso à vida privada dessa artista. Eu também não a conheço e, no entanto, alguma coisa nessa mulher  parece me atrair.

Foi manuseando um jornal amarelado dos anos 40, que quase se decompôs em minhas mãos, que encontrei a única pista sobre a existência de nossa célebre e desconhecia cantora, que marcou seu tempo e conquistou muitos jovens corações.

A breve nota publicada no rodapé da última página de um jornal de bairro, debaixo de um anúncio de desodorante, despertou-me a atenção pelo título um tanto sensacionalista: "Rainha do Tango Corta os Pulsos ao Som de Gardel". Esse foi um fim trágico de Mercedes Dolores. Como nos tangos que cantava com toda dramaticidade.

Passei os olhos rapidamente sem dar muita importância. Afinal, à primeira vista, tratava-se de mais uma nota policial sobre mais uma morte trágica, à semelhança  das inúmeras mortes trágicas que são noticiadas pelos jornais. Só que aquela não era uma morte de uma desconhecida qualquer. Tratava-se da morte da grande Mercedes Dolores. A única e insubstituível Mercedes Dolores, rainha da voz e do tango.

É desculpável que o leitor não a conheça. Perdôo a sua ignorância; como já disse, poucos souberam de sua grandeza. Mercedes Dolores entrou para a história com aquela nota publicada no rodapé daquele jornal de bairro. E isso foi tudo o que se escreveu sobre a sua vida. Seus trinta anos de carreira, todas suas glórias de rainha da voz e do tango, ali se resumiram, naquelas vinte linhas sob aquele título chamativo.

Depois, nada mais se escreveu sobre ela. Pesquisei nos arquivos dos principais jornais publicados após a sua morte e não encontrei uma linha sequer sobre a nossa célebre e desconhecida amiga. Nos livros sobre a vida das grandes cantoras também nada encontrei a seu respeito.

Parece incrível, mas é a verdade: Mercedes Dolores entrou para a história com aquela nota publicada no rodapé daquele jornal. E isso foi tudo o que se escreveu sobre ela durante toda a sua vida, e mesmo depois de sua morte.

O leitor se revoltará diante de tamanha injustiça contra essa grande artista. Tanto brilho, tanto talento, imortalizado apenas naquela nota. Essa foi a recompensa por uma vida inteira dedicada ao canto e às injúrias de amor.

Talvez um dia consiga reabilitar a sua memória. Então, todo o mundo saberá quem ela foi. Por enquanto, leitor, apenas eu e você sabemos sobre Mercedes Dolores, a rainha da voz e do tango.
Roberto Fortes
Enviado por Roberto Fortes em 10/09/2007
Código do texto: T646905

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Fortes
Iguape - São Paulo - Brasil
72 textos (3472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 16:09)
Roberto Fortes