Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu aniversário

Manhã de sol, que dia lindo!
"pensei", tenho pra mim que vou receber um excelente presente hoje.
Minha timidez guardou-me de qualquer alarde.
Fiquei fazendo festa para mim mesmo, sem que ninguém percebesse.
Ao meio-dia almocei, olhando por baixo do olho, como um suíno desconfiado, para todos ao meu redor.
Após degustar aquela simples refeição, descansei, peguei minha pasta de trabalho e segui o itinerário da tarde.
Com as tarefas cumpridas veio-me a satisfação por estar livre do trabalho mais cedo.
A avenida era grande, e estava um pouco deserta. Aproveitei pra falar um pouco mais alto, mesmo estando sozinho.
Olhei para o céu, e cobrei de Deus uma surpresa...
Em poucos segundos, na minha distração, fui surpreendido por um soco que um maluco deu-me bem no olho. Baixei a cabeça com as mãos no local atingindo.
"Pensei", vou quebrar esse indivíduo todo na pancada.
Ao recobrar-me levantei a cabeça, vi o tamanho do cara.
"Pensei duas vezes",
Resolvi conceder a ele, como presente, apesar de ser meu aniversário, o perdão.
Mário Natho
Enviado por Mário Natho em 16/10/2007
Reeditado em 28/10/2007
Código do texto: T696994
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Natho
Salvador - Bahia - Brasil, 47 anos
90 textos (21777 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:41)
Mário Natho